ROTARY GANHA ASSESSOR PARA INTERLOCUÇÃO COM GOVERNO TAQUES.

ALINE CHAGAS
Assessoria/Casa Civil

A Casa Civil de Mato Grosso passa a ter um assessor que fará a interlocução entre o Governo e organizações, entidades e instituições que trabalham em prol da sociedade. A informação foi passada pelo secretário-chefe Paulo Taques durante reunião com membros da governadoria do Rotary de Mato Grosso (Distrito 4440) na tarde de quarta-feira, na secretaria. O objetivo do encontro foi fazer uma visita técnica preparatória para o evento que celebra os 110 anos de fundação do Rotary. O evento será realizado no Palácio Paiaguás, no dia 23 de fevereiro, às 14h30.

O governador do Distrito 4440, Carlos Antônio Garcete Ribeiro, e ex-governadores da mesma área, Serafim Carvalho e Vicente Herculano, apresentaram programas sociais realizados pelo Rotary no Estado, como o PolioPlus, que tem como foco a erradicação mundial da Poliomielite, o Prêmio Rotários de Liderança Juvenil (Ryla), entre outros. Também esteve em pauta um pedido de apoio para a XXV Conferência Distrital – Brilho no Pantanal, que será realizada de 14 a 17 de maio no Hotel Sesc Pantanal.

Serafim explicou que se houver parceria com o Governo do Estado as ações realizadas podem ter um alcance ainda maior do que já ocorre atualmente. “Hoje fazemos trabalhos voluntários com responsabilidade que têm alcançado os objetivos desejados, nas mais diversas áreas. Se tivermos a parceria do Estado, podemos ir muito mais longe”, explicou Carlos Antônio Garcete.

O secretário Paulo Taques frisou que a reputação de seriedade e de contribuição para redução das injustiças sociais do Rotary já é conhecida e por isso, sempre que a organização precisar de apoio, ou tiver alguma sugestão de melhoria para programas já em andamento, seus membros serão sempre bem-vindos à Casa Civil. “Contem com este Governo como parceiros do Rotary. Fazemos questão de ter uma pessoa aqui para sempre atendê-los prontamente e de forma cotidiana, pois sabemos que tudo o que o Rotary faz é para o bem”, ponderou.

Também participaram da reunião o assessor da Casa Civil, Jefferson Luís Daltro Monteiro, o presidente da Comissão Distrital de Imagem Pública do Rotary, Joelcirney Santos Klimaschewsk, e o membro do Rotary Club de Várzea Grande-Centro, Benedito Miranda.

ACIDENTE EM GENERAL CARNEIRO DEIXA 11 MORTOS

EG_zcgjbezhf8nkcsxspqatr60qemedymhbvampskt05k01e71a

A Polícia Rodoviária Federal confirmou, agora há pouco, a morte de 11 pessoas que estavam em um ônibus da empresa Satélite Norte. O veículo tombou, hoje, por volta das 4h30, na BR-070, nas proximidades do município de General Carneiro (450 quilômetros de Cuiabá – próximo a divisa com Goiás). Alguns dos corpos foram encontrados após o veículo ser desvirado. Não há confirmação das identidades ainda, mas uma das vítimas seria uma criança.

Ainda segundo a PRF, pelo menos 25 pessoas ficaram feridas, destes quatro casos graves, e foram encaminhadas ao Pronto Atendimento de Primavera do Leste e outros também foram levados para uma unidade de saúde de General Carneiro. No ônibus estavam 42 passageiros e os demais saíram ilesos.

Um policial rodoviário informou que o veículo saiu da pista e tombou. Ainda não se sabe o que causou o acidente, se falha humana ou mecânica. Um guincho esteve no local para desvirar o ônibus. A assessoria da PRF explicou que o sinal de celular no local é precário e, devido a isso, é difícil de conseguir informações.

A informação inicial era de que o ônibus teria saído de Cuiabá com destino a Goiânia, no entanto foi retificada e teria saído de Imperatriz (MA) com destino a Peixoto de Azevedo.(SONOTÍCIAS) FOTO ARAGUAIA NOTÍCIAS.

SECRETARIA DE SAÚDE DEFINE CALENDÁRIO 2015.

Saúde divulga calendário de vacinação.

LORRANA CARVALHO
Assessoria/SES-MT

Estar com a vacinação em dia é um dos cuidados essenciais à saúde tanto de crianças, quanto jovens, adultos e idosos. Por isso, a Secretária de Estado de Saúde (SES), por meio da Gerência de Vigilância em Doenças e Agravos Imunopreviníveis, apresenta o calendário nacional de vacinas para 2015.

O calendário é definido pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), disponibilizado através do Ministério da Saúde e traz o conjunto de vacinas disponíveis, gratuitamente, à população no Sistema Único de Saúde (SUS).

Ao todo são 22 tipos vacinas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde, contra mais de 40 tipos de doenças. Entre elas estão a paralisia infantil, sarampo, caxumba, rubéola, HPV, febre amarela, hepatite, meningite, entre outras doenças contagiosas. Este ano as campanhas nacionais de vacinação começam em março com a vacina contra o Papilomavirus Humano (HPV), as demais terão seu “Dia D” distribuído ao longo do ano.

Importante na prevenção contra diversas doenças, a vacina estimula o sistema imunológico a produzir anticorpos que destroem os micro-organismos invasores (bactérias ou vírus) tornando a pessoa, assim, imunizada. Cada faixa etária tem sua vacina específica e todas, com exceção da Influenza, ficam disponíveis fora do período de campanhas.

Em nota divulgada no inicio deste mês, a Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde, informou que devido a um problema na produção e distribuição, os estados poderão ficar sem algumas vacinas.

A Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Estadual de Saúde informa que ainda não há falta de imunobiológicos em Mato Grosso, devido ao remanejamento realizado. Porém, os municípios estão sendo orientados a otimizar as doses para que a população não fique sem atendimento. De acordo com o Ministério da Saúde, há previsão para regularizar a situação, a partir de fevereiro.

Situações especiais – Algumas situações especiais merecem maior atenção quando se fala em imunização, principalmente no caso dos viajantes. Adquirir uma doença durante viagens é um risco comum e aos que escolhem áreas endêmicas como roteiro de viagem, manter as vacinas em dia torna-se um pré-requisito.

Nos Estados Unidos cinco estados estão em alerta devido a um surto de sarampo, que teve origem na Disneylândia, ao sul de Los Angeles, em dezembro de 2014.

Embora o Brasil detenha o certificado de erradicação da doença desde 2010, concedido pela Organização Mundial da Saúde, é importante que todos mantenham a vacinação em dia para que a infecção não se espalhe pelo país. Em Mato Grosso não há registros de casos confirmados de sarampo desde 1999.

Garantir a imunização é simples e fácil, basta procurar um dos 722 postos de saúde distribuídos no Estado, com o cartão de vacinação em mãos. Para saber quais vacinas devem ser tomadas em cada faixa etária, clique aqui.

EM 30 ESCOLAS DO ESTADO, INÍCIO DAS AULAS TEM CHANCE “ZERO”.

Logo PadraoUm levantamento preliminar realizado pela Superintendência de Acompanhamento e Monitoramento de Estrutura Escolar, da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), aponta que pelo menos 30 escolas da rede estadual de ensino não têm condições para iniciar o ano letivo, marcado o dia 9 de fevereiro. As deficiências colocam em risco alunos e professores.

O secretário de Estado de Educação, Permínio Pinto, busca soluções para evitar que alunos fiquem sem aulas. Ele avalia a possibilidade de locação de salas ou prédios para acomodar os estudantes durante a reforma das escolas e não deixar nenhum estudante fora da sala de aula.

“Existe uma preocupação com a falta de condições destas escolas para atender o aluno, neste primeiro momento, mas estamos adotando todas as medidas necessárias para que o estudante não fique prejudicado”, reforça o titular da Seduc.

Das 746 unidades escolares, 78 apresentam problemas na estrutura física que precisam ser sanados até o começo das aulas. “São situações que necessitam de reparos emergenciais, que vamos corrigir até o início do ao letivo para evitar prejuízos a um maior número de estudantes”, avisou Permínio Pinto.

Conforme o secretário, a determinação é atender a demanda de todas as unidades escolares que precisarem de reformas emergenciais. Estas intervenções estão relacionadas a pisos, banheiros, instalações elétricas e hidráulicas que precisam ser melhoradas para dar tranquilidade ao aluno na sala de aula.

Foram constatados também problemas em refeitórios e tetos. Portas e janelas estão quebradas ou com defeitos. As deficiências estruturais são em escolas localizadas em Cuiabá e também em dezenas de municípios.

Abaixo a lista das 30 escolas e os municípios em que as mesmas estão localizadas.
1 – Escola Estadual Julio Muller – Barra do Bugres
2 – Escola Estadual Maria Nazaré Miranda Noleto – Barra do Garças
3 – Escola Estadual Indígena Jucelino Tserema-á – Barra do Garças
4 – Escola Estadual Indígena Xinui Myky – Brasnorte
5 – Escola Estadual Indígena Myhyinymykyta Skiripi – Brasnorte
6 – Escola Estadual Marechla Cândido Rondon – Campo Novo do Parecis
7 – Escola Estadual Ana Tereza Albernaz – Chapada dos Guimarães
8 – Escola Estadual Florestan Fernandes – Cláudia
9 – Escola Estadual Doroth Stong – Cláudia
10 – Escola Estadual Antonio Alves Dias – Confresa
11 – Escola Estadual Waldir Bento da Costa – Confresa
12 – Escola Estadual Hermelinda de Figueiredo – Cuiabá
13 – Escola Estadual Dom Aquino – Dom Aquino
14 – Escola Estadual Damião Mamedes do Nascimento – Jangada
15 – Escola Estadual Maximiana do Nascimento – Jangada
16 – Escola Estadual Amarílio Gomes da Silva – Nossa Senhora do Livramento
17 – Escola Estadual Olegário Moreira Barros – Nortelândia
18 – Escola Estadual Bacharel Ribeiro Arruda – Poconé
19 – Escola Estadual São Domingos Sávio – Ponte Branca
20 – Escola Estadual Coutinha União – Querência
21 – Escola Estadual Zeni Vieira – Sinop
22 – Escola Estadual Nossa Senhora de Lourdes – Sinop
23 – Escola Estadual Rosa dos Ventos – Sinop
24 – Escola Estadual Indígena Piebaga – Santo Antonio de Leverger
25 – Escola Estadual Tancredo de Almeida Neves – São Félix do Araguaia
26 – Escola Estadual Ignácio Schevinski Filho – Sorriso
27 – Escola Estadual Marechal Cândido Rondon – Tangará da Serra
28 – Escola Estadual Filinto Muller – Tesouro
29 – Escola Estadual Domingos Sávio Brandão de Lima – Várzea Grande
30 – Escola Estadual Manoel Corrêa de Almeida – Várzea Grande

COMBATE A CRIMINALIDADE NO ESTADO.

LIDIANA CUIABANO
Assessoria/Sesp-MT

O novo modelo de gestão baseado em duas frentes de atuação: fortalecimento das agências de Inteligência e repressão qualificada, já produz resultados significativos para a Segurança Pública no Estado. Em 20 dias de intensas ações em Mato Grosso, grande quantidade de droga foi apreendida, quadrilhas foram desarticuladas, traficantes e homicidas procurados pela Justiça foram presos.

Todas as ações estão sendo respaldadas pelo serviço integrado de Inteligência da Segurança Pública (da Polícia Militar, Polícia Civil, Ministério Público, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Sistema Prisional) e fazem parte da grande Operação Impacto, compromisso do governador Pedro Taques no combate ostensivo à criminalidade para os primeiros 100 dias do ano.

Nos dias 6 e 7 de janeiro uma ação conjunta entre as polícias Civil e Militar de Mato Grosso e Goiás, levaram à prisão de quatro integrantes de uma quadrilha que tentaram assaltar um carro-forte da empresa Brinks. A ação aconteceu na BR-158 e obteve êxito graças ao trabalho integrado das polícias focados no serviço de Inteligência.

Outra quadrilha que promoveu uma série de roubos em empresas e residências de Cuiabá também foi desarticulada em ação da Polícia Judiciária Civil dentro da operação “Precisão”, que integra a operação “Impacto”.

Três pessoas foram presas nas investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá. Entre os presos está o autor do latrocínio de um feirante, em Cuiabá, ocorrido no dia 16 de Julho de 2014.

Nesta quarta-feira (21.01), baseados em informações da Inteligência, policias Civis prenderam Jair Ribeiro de Souza, conhecido como “Bira”, traficante de alta periculosidade acusado de ser o mandante do atentado contra a casa de uma juíza no município de São José dos Quatro Marcos, no ano de 2008. Bira abastecia com drogas outros traficantes, da Bolívia, e foi preso no distrito de Santa Rita, em Cáceres. A ação contou com apoio da Polícia Federal e Delegacia Regional de Cáceres.

O criminoso Jair Ribeiro de Souza, “Bira”, tem mais de 35 anos de condenação e também fazia ameaças de morte ao juiz que o sentenciou nos crimes de tráfico de drogas e tentativa de homicídio.

Também no último dia 21, uma ação baseada em informações da Inteligência policial levou à prisão Paulo Berechavinski, de 52 anos, procurado pela Justiça de três Estados: Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul, e condenado a mais de 300 anos de prisão pela autoria de mais de 30 homicídios.

Paulo foi preso pela Polícia Judiciária Civil com apoio da Polícia Rodoviária Federal no município de Pontes e Lacerda, dentro da operação “Interior Seguro”, que integra a grande Operação “Impacto”.

O acusado é apontado como um “matador de aluguel” e estava foragido da Penitenciária de Maringá e Campo Mourão.

O secretário Executivo de Segurança Pública, Fábio Galindo, comenta que os resultados iniciais são motivadores e, por isso, exigirão ainda mais energia e trabalho dos profissionais. “Os resultados até agora alcançados nos mostram que os policiais estão motivados e comprometidos com o trabalho de proteção à sociedade”, destacou.

Galindo também acredita que a Segurança está no caminho certo. “Temos um horizonte favorável de investimentos maciços em recomposição das forças, recuperação dos prédios dos quartéis e delegacias, fortalecimento e integração das Inteligências, mais viaturas nas ruas e melhores condições de trabalho aos policiais. Essas são metas da nova gestão para que a sociedade mato-grossense viva mais tranquila”.

100 DIAS

A Operação Impacto foi lançada pelo governador Pedro Taques com objetivo de fazer um confronto ostensivo à criminalidade.

Também compõem a Operação Impacto, as operações Start, que marca a presença das forças policiais do Estado nas ruas das principais cidades; a Operação Inopinada, que monta blitzes para realização de abordagens, busca e checagem de veículos; e a Operação Asfixia, que acontece baseada em um mapeamento das principais áreas de criminalidade do Estado.

O balanço final das operações será divulgado após os 100 dias.

CANARANA: CASAL DE JUÍZES TROCAM COMARCA POR CAMPO VERDE-MT.

CANARANA – Na última segunda-feira, 19, o Dr. Alexandre Meinberg Ceroy assumiu a Comarca de Canarana, no lugar do casal Dr. André Barboza Guanaes Simões e da Dr.ª Caroline Schneider, que foram para a Comarca de Campo Verde.

A despedida e apresentação dos novos magistrados foi acompanhada pelo promotor de Justiça – Dr. Jorge Paulo Damante, pelo delegado de Polícia – Dr. João Biffe Junior, servidores do Fórum, advogados, autoridades municipais e imprensa.

Dr. André ficou em Canarana por 10 anos. “Nesses 10 anos dei a minha contribuição. É bom alguém com outras qualidades dar a sua contribuição. O Dr. Alexandre vem para somar e melhorar a Comarca de Canarana”, disse.

Já o Dr. Alexandre disse que seus antecessores farão falta a cidade. “Eu vou me esforçar para manter o que eles [Dr. André e Dr.ª Caroline] estavam fazendo por Canarana”, falou. O novo magistrado vem da Comarca de Barra do Bugres.(O PIONEIRO).

 

 

TAQUES AGENDA DIA 30 PARA RECEBER 141 PREFEITOS EM CUIABÁ.

PEDROPREFEITOS
LIANA D’MENEZES
Assessoria/Casa Civil
Prefeitos dos 141 municípios de Mato Grosso serão recebidos na próxima sexta-feira (30) pelo governador Pedro Taques para expor suas reivindicações sobre o repasse do Fethab para os municípios. A reunião inicia a partir das 8 horas, no Palácio Paiaguás.

A confirmação da agenda foi validada pelo secretário-chefe da casa Civil, Paulo Taques, nesta terça-feira (20), durante encontro com 85 prefeitos na Associação mato-grossense dos Municípios (AMM).

“Quero dizer que o governo não enxerga esta gestão sem a absoluta, estreita e irrestrita parceria com os municípios de Mato Grosso”, enfatizou Paulo Taques, ao tranquilizar os gestores municipais que enfrentam em suas regiões problemas com as estradas e pontes, agravados pela intensidade das chuvas. “Todos nós sabemos quais são as necessidades dos municípios, inclusive as emergenciais e por isso estamos aqui para resolver, não importa se através do Fethab ou não. Essa é a determinação do governador”.

O secretário-chefe da Casa Civil lembrou aos prefeitos que a nova gestão ainda não completou 15 dias de atuação e que durante os 12 dias úteis de trabalho, a dedicação de todo secretariado tem sido intensa e todos os esforços feitos para que os problemas encontrados sejam resolvidos de forma transparente e responsável.

“Não podemos ser responsabilizados por anos de atraso e desmandos. Não somos insensíveis às críticas, por isso contamos com vocês para que juntos possamos corrigir o que for necessário. Estamos aqui para resolver dentro da legalidade o que for melhor para a população do nosso Estado, o que também sabemos que é o desejo de vocês, prefeitos”.

Paulo Taques aproveitou a oportunidade para dizer aos prefeitos que as portas desta gestão estão abertas a eles e às suas entidades. “Neste governo, nenhum prefeito vai precisar de interlocução para falar conosco. Com todo o respeito aos deputados, as portas dos gabinetes estão abertas para vocês e suas entidades”.

Também participaram da reunião os secretários de Infraestrutura, Marcelo Duarte, e do Gabinete de Desenvolvimento Regional, Eduardo Moura.

APESAR DA “HERANÇA” DE MAIS DE R$ 630 MILHÕES SINFRA ACENA COM DIESEL E MASSA ASFÁLTICA NAS ÁREAS CRÍTICAS.

ERICKSEN VITAL
Assessoria/Sinfra-MT

O secretário de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso, Marcelo Duarte, afirmou que a Sinfra ‘herdou’ uma dívida superior a R$ 630 milhões. O valor é referente aos contratos e convênios não honrados.

“São R$ 330 milhões em dívidas com fornecedores. Não estou falando de grandes empresas, mas, principalmente, das pequenas que constroem pontes de madeira”, revelou, ressaltando que os pagamentos por esses contratos deveriam ter sido feitos até 31 de dezembro de 2014.

Duarte lembrou ainda que foram deixados mais de R$ 300 milhões relativos a convênios descumpridos. “São aproximadamente 630 milhões de contas a pagar somente dentro da secretaria”, declarou durante encontro com prefeitos na sede da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) em Cuiabá, na terça-feira (20).

Mesmo com essa dívida, o secretário Marcelo Duarte garantiu a operação de Tapa Buracos para amenizar a situação das estradas de Mato Grosso. O plano de trabalho será desenvolvimento em parceria com os municípios. O Governo do Estado deve disponibilizar a massa asfáltica e o óleo diesel para as prefeituras iniciarem a recuperação das rodovias consideradas mais críticas.

“Se ainda tivéssemos as estradas prontas e boas e tivéssemos que nos preocupar só com as dívidas, a situação seria outra. Mas, além da dívida, as estradas estão sem condições de trafegabilidade”, comentou.

O secretário também disse que entende o drama dos prefeitos, mas que tem buscado receber todos eles e discutir como é possível melhorar as estradas do estado. Essas ações fazem parte do plano de gestão da Sinfra para os 100 primeiros dias do Governo

PRODUÇÃO DE GRÃOS É ARMAZENADA EM MUNICÍPIOS VIZINHOS

ROSANA PERSONA
Assessoria/Empaer-MT

Com capacidade para armazenar 1,8 milhão de sacas de grãos, estão sendo construídos dois armazéns no município de Ribeirão Cascalheira (900 km a Leste de Cuiabá) para atender os produtores rurais na safra 2015/2016. Após levantamento nas áreas rurais, foi constatado que são cultivados 81.924 hectares de grãos na região e a produção é armazenada e comercializada nos municípios vizinhos. O técnico agrícola da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Carlos Alberto Quintino fala que os armazéns possibilitarão aumento na arrecadação do município beneficiando a cidade e a população.

Durante dois meses, técnicos da Empaer, Secretaria Municipal de Agricultura e Sindicato Rural percorreram 65 propriedades rurais para realizar o levantamento das áreas cultivadas e apuraram que o cultivo da soja possui uma área plantada de 74 mil hectares, com uma produtividade média de 52 sacos por hectare ou 3.120 kg/hectare. Em seguida aparece o cultivo do milho com 7.662 hectares, arroz 3.070 hectares e feijão 2.400 hectares. Conforme Carlos, o milho cultivado é o safrinha com uma produtividade média de 5.760 kg/hectare.

O levantamento da área tem o objetivo de orientar os produtores rurais a armazenar e comercializar a produção no município, gerando mais arrecadação e benefícios para o contribuinte. Quintino conta que a safra 2014/2015, foi armazenada nos municípios de Querência e Canarana. “Muitos produtores retiraram a Inscrição Estadual em outros municípios e queremos incentivá-los a retirar a Inscrição em Ribeirão Cascalheira”, destaca.

Ele ressalta que nas áreas com pivô central alguns produtores estão investindo no cultivo de feijão irrigado. A tendência é ampliar a área cultivada de grãos.

O trabalho de levantamento nas propriedades rurais contou com a participação do secretário de Agricultura, Rogério Marques dos Reis, técnico da secretaria da agricultura, Argemiro Coelho de Moraes e o presidente do sindicato rural, Ivo Cabral de Menezes.